header



Menu Principal

Opinião do Centro
Novos ajustes PDF Imprimir E-mail
02/02/2016
  Como tradicional centro de transferência de tecnologia para o setor citrícola, principalmente na forma de borbulhas e sementes com qualidades genética e sanitária, o Centro de Citricultura é pioneiro também nos ajustes legais impostos pela Legislação Federal de Sementes e Mudas, representada pela Lei de Sementes e Mudas n° 10.711 e pelas Instruções Normativas n° 24 e 48, do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA). Durante esse processo o Centro foi fiscalizado e suspendeu temporariamente o fornecimento de material até que todas as etapas regulatórias fossem completadas. Por ter sido, até mesmo por força da legislação estadual, o principal fornecedor de borbulhas para a renovação de borbulheiras do Estado, o Centro passou a fornecer borbulhas somente de plantas básicas para tal propósito. No entanto, o...
Leia mais...
 
Avanços e limites PDF Imprimir E-mail
05/01/2016
  Os números da citricultura brasileira demonstram a importância que esse setor tem para o Brasil, bem como o potencial que a produção qualificada de fruta fresca tem para o mercado interno e externo. Sem dúvida alguma esse é o mais importante setor da fruticultura brasileira, com enorme penetração em todos os segmentos da população. Por acreditar nesse setor e por ter como missão institucional executar pesquisas e desenvolver tecnologia para seu desenvolvimento, o Centro de Citricultura tem procurado ao longo dos últimos anos ampliar suas frentes de atuação, assumindo muitas vezes responsabilidades além daquelas que o apoio institucional permite. Sua equipe, muito além de se conformar em ser mais um centro de pesquisadores, preocupa-se constantemente em ser e se manter como um centro de pesquisa, no sentido dessa asserção.  Não só pela ...
Leia mais...
 

Páginas:

1  2  3  4  5  6  7  8  9  10  11  12  13  14  15  16  17  18  19  20  21  22  23  24  25  26  27  28  29  30 

próxima»


 
Pesquisa do Centro
Na intimidade das bactérias PDF Imprimir E-mail
02/02/2016
  Pesquisadores vêm se debatendo por longa data em temas sobre troca de material genético entre bactérias e as consequências deste processo, tendo como modelo patógenos humanos. Artigos clássicos como “How clonal are the bacteria?” (Quão iguais são as bactérias?) (PNAS,1993) e “Do bacteria have sex?” (As bactéria têm sexo?) (Nature Reviews Genetics, 2001) mostraram que a plasticidade genética existe e varia entre espécies, partindo-se de grupos ‘clonais’ até extremamente ‘promíscuos’. De nosso interesse, trabalhos tem mostrado que a bactéria Xylella fastidiosa esta no grupo ‘promíscuos’. Este fato foi reforçado através de uma pesquisa recentemente concluída no Centro de Citricultura onde os autores analisaram marcas genéticas presentes em X. fastidiosa coletadas de laranjeiras e...
Leia mais...
 

Acesse


Citrus Research & Technology

Informativo

Cadastro










   
Copyright © 2010 Centro APTA Citros - Sylvio Moreira todos os direitos reservados.